A internet se mostrou um campo amplo para quem quer empreender, e abrir uma loja virtual é mais simples do que parece. Assim como em outros negócios, há riscos que podem ser reduzidos com pesquisa e uso de ferramentas eficientes que não exigem grandes conhecimentos em programação.

Atualmente para se destacar na rede é mais interessante uma gestão eficiente, uma vez que não é preciso ter um estoque, já que existem soluções em que é possível oferecer o produto e vender. A entrega fica por conta do fornecedor e este paga ao vendedor — no caso, você.

Neste post vamos abordar questões importantes para quem quer usar a internet como campo no mercado para a venda de produtos ou serviços. Saiba mais!

Quais os principais mitos?

Programar é difícil

Não será preciso programar. Existem fornecedores de plataformas intuitivas, que apresentam layouts simples, que podem ser modificados, e oferecem ferramentas que facilitam a exposição dos produtos. 

Além disso, poderá recorrer a um profissional quando for preciso. Nada impede que você se aprofunde na programação ou nos termos técnicos, mas se você não sabe muito, tendo um mínimo de conhecimento nas redes sociais já é um começo, e você poderá operar a sua loja virtual.

Investimento muito alto

Outro mito, pois há modelos de negócios que não demandam investimentos com o produto, endereço na web, entre outras. Como mencionado, essas plataformas têm um sistema de revendedores que criam sua própria página e recebem uma comissão por venda concluída.

Essa é apenas uma das modalidades que podem ser exploradas, uma vez que há plataformas gratuitas de cross docking — em que o fornecedor envia o produto para o revendedor, que confere e envia para o comprador —, marketplaces, entre outras possibilidades interessantes.

É difícil conquistar espaço

Mito! Se houver uma boa proposta, atendimento eficiente, preços justos e demais diferenciais, uma loja que começa pequena pode se tornar grande. Para isso, é importante ter uma estratégia eficiente, com planejamento, objetivos e um modus operandi bem direcionados.

O que é preciso para abrir uma loja virtual?

Planejamento é a chave para obter bons resultados, por isso é importante colocar no papel as informações que direcionarão o negócio. Comece escolhendo o tipo de modelo, como o Business Model Canvas, os passos seguintes são:

1. Escolha a plataforma

A plataforma é quem dará base ao negócio e, por essa razão, é importante escolher aquela que atenda as demandas, seja flexível e que acompanhe o seu crescimento — evite utilizar uma que seja limitada, para não ter que migrar posteriormente.

Por outro lado, as gratuitas são indicadas para quem está começando, mas ela podem não oferecer todos os recursos para o crescimento. As de código aberto vão exigir algum conhecimento específico sobre a plataforma, ou que contrate um profissional, já as pagas oferecem suporte e possibilidade de customizar.

A escolha vai depender, principalmente, do grau de profissionalismo do negócio e do próximo item: o orçamento.

2. Determine um orçamento

Quanto tem disponível para dar segmento ao negócio? Há custos para a implementação de plataformas, plugins, gateways de pagamento e etc. Tudo deve ser estudado para evitar sustos.

3. Conheça o nicho

É para ele que você vai vender e, por isso, é indispensável pesquisas e não apenas achismo. Crie uma persona com as principais características de um cliente ideal — nome, idade, classe social, emprego, hábitos de compra e etc. Seus esforços de marketing devem ser concentrados nas personas. 

4. Relacione-se com seu cliente

Para isso, você terá vários canais à disposição — com destaque para o blog e as redes sociais. Você pode produzir campanhas com diferentes abordagens, criar conteúdos, interagir, aprender, responder questionamentos, enfim, as possibilidades são amplas e mensuráveis. 

5. Desenvolva um plano de marketing digital

Essa etapa é muito importante para o seu empreendimento e, se é um negócio virtual, nada mais justo que a publicidade seja nesse campo. O plano de marketing inclui as ações que serão feitas no campo digital: anúncios nos buscadores, redes sociais, sites de redes de display, além de conteúdo — ou inbound markerting.

Gostou do nosso texto? Então, compartilhe nas redes sociais, para que os seus amigos também saibam o quão fácil é abrir uma loja virtual. 

Abrir uma loja virtual é mais fácil do que as pessoas imaginam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[if lte IE 8]
[if lte IE 8]
Bitnami